jusbrasil.com.br
19 de Novembro de 2017

Médico é preso após inspeção de rotina do MP em centro de saúde de Senhor do Bonfim

Uma visita de rotina para verificar a regularidade do atendimento no 1º Centro de Saúde do município do Senhor do Bonfim feita pelo Ministério Público estadual resultou, na última quarta-feira, dia 3, na prisão em flagrante do médico e servidor municipal José Douglas Bezerra de Andrade, sob a acusação de cometer crimes de prevaricação e estelionato. Até aquela data, José Douglas atuava na unidade de saúde municipal e em uma clínica particular da cidade como médico cardiologista. Mas, como descobriu o promotor de Justiça Rui Gomes Sanches Júnior, ele dava consultas sem possuir registro de sua especialidade junto ao Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) e preteria os pacientes do sistema público para atender os pacientes privados.

Segundo relatório de diligência, o promotor Rui Sanches verificou no centro de saúde que o falso cardiologista cancelou as 20 consultas agendadas para a última quarta-feira alegando um imprevisto e, por isso, os pacientes da unidade haviam sido orientados a procurar a Central de Marcação para agendar nova data. Informado que José Douglas atuava em uma clínica privada, o promotor se dirigiu até o local, onde o flagrou em atendimento particular, quando deveria estar prestando serviço à rede municipal do SUS. Após verificar junto ao conselho de classe que José Douglas não possui especialização em cardiologia, Rui Sanches conduziu, com ajuda de policiais civis, o falso cardiologista até a delegacia, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)