jusbrasil.com.br
19 de Novembro de 2017
    Adicione tópicos

    MP promove mostra fotográfica e palestra sobre luta da mulher cigana no Brasil

    O Ministério Público estadual, por meio do Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulhere (Gedem), vai promover na próxima sexta-feira, dia 05, uma palestra sobre Mulheres ciganas: da tradição ao feminismo, bem como inaugurar a mostra fotográfica Mulheres romaní (ciganas): rostos e identidade. Os eventos, que acontecem na sede da Instituição no Centro Administrativo da Bahia (CAB) a partir das 8h30, são resultado de uma parceria com a Associação Internacional Maylê Sara Kalí (AMSK/Brasil) que, partindo do princípio que o rosto das mulheres romaní é pouco conhecido, busca revelar a força, a identidade e a diversidade dessas mulheres no Brasil. A ideia é mostrar um pouco de sua história, de suas dores, conquistas, alegrias e luta.

    Segundo a AMSK, o primeiro registro oficial da chegada de ciganos no Brasil data de 1562, mas ainda hoje as mulheres romaní sofrem preconceito e trazem consigo as marcas da invisibilidade e da perseguição sofrida pelos povos romaní, da luta pela preservação de sua cultura e de suas tradições e pelo reconhecimento de suas identidades e especificidades. A palestra será proferida pelas integrantes da AMSK Elisa Maciel Costa e Lucimara Varanis Cavalcante. A iniciativa foi apresentada em 2013 no 'I Encontro Nacional do Ministério Público e Movimentos Sociais em Defesa dos Direitos Humanos', promovido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), oportunidade em que a coordenadora do Gedem, promotora de Justiça Márcia Teixeira, conheceu um pouco mais sobre a luta dessas mulheres e trouxe o debate para o MP baiano. A mostra fotográfica foi inaugurada no Senado Federal com o apoio da sua Procuradoria Especial da Mulher e é considerada a primeira do gênero no país.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)